ruby on rails II – começando a diversão

No primeiro post (aqui) de Ruby on Rails, instalamos o Ruby e o Rails. Agora, vamos à diversão.

Para criar o projeto, é só digitar o comando

rails <nome_do_projeto>

Vamos utilizar um exemplo, pra ficar mais claro. Vou fazer um relatório de uso dos PCs aqui no Laboratório da UFPE. Neste post, vou fazer o cadastro de alunos. Instalei o LAMP (Apache+PHP+MySQL no Linux. Aqui tem um tutorial) para usar o MySQL e o phpMyAdmin.

Criando o Banco de Dados

CREATE DATABASE `relatorio`;

Por enquanto, só vamos utilizar a tabela ‘aluno’, então vou criar só ela agora:

CREATE TABLE `alunos` (
    `id` smallint NOT NULL AUTO_INCREMENT,
    `CPF` BIGINT NOT NULL ,
    `Nome` VARCHAR( 50 ) NOT NULL ,
    `Curso` ENUM( 'adm', 'des', 'eco', 'eng', 'ped', 'upe' ) NOT NULL ,
    PRIMARY KEY ( `id` ),
    UNIQUE KEY `CPF_key` ( `CPF` )
) ENGINE = MYISAM ;

OBS: toda tabela deve ter uma chave primária de nome ‘id’, no MySQL o mais fácil é criar isto como ‘numeric auto_increment’.

Criando o projeto:

Vamos chamar o projeto de ‘relatório’. Assim, o código de criação ficaria:

rails relatorio

O rails vai criar uma pasta chamada relatório. Entre na pasta e digite:

script/server

que vai iniciar o servidor WEBrick, embutido no rails. Agora, já podemos digitar no navegador preferido (Firefox) o endereço http://localhost:3000. (sem o ponto =p). Se tudo deu certo, vai aparecer uma página com a mensagem “Welcome Aboard”, dando boas vindas. Note que tem um “link” que informa sobre o ambiente da aplicação. Aqui, estou usando ruby 1.8.6 (linux-i486), Gems 0.9.4 e rails 1.2.4.

Logo abaixo dessas informações, tem uma seção “Getting Started”, que vamos seguir agora.

1. Criar o banco de dados e editar o arquivo config/database.yml:
Já criamos o BD, então é só editar o arquivo. Com o editor de texto de sua preferência (vim), editar a seção development. Fica mais ou menos assim:

development:
   adapter: mysql
   database: relatorio
   username: root
   password:
   socket: /var/run/mysqld/mysqld.sock

2. Gerar os modelos e controladores:
É só utilizar o script generate, na pasta script. São duas linhas de comandos:

script/generate model aluno
script/generate controller aluno

Agora já estão gerados o modelo e o controlador de aluno. Vamos, então, adicionar uma linha no arquivo app/controllers/category_controller.rb, para gerar o scaffold (é esse negócio que vai gerar um CRUD (Create, Refresh, Update, Delete) padronizado – Documentação). O arquivo vai ficar assim:

class AlunoController < ApplicationController
        scaffold :aluno
end

A partir daqui, já é possível acessar o cadastro de alunos a partir do navegador, no endereço http://localhost:3000/aluno (eu precisei reiniciar o servidor WEBrick antes).

Por enquanto é só. Num post futuro, vamos customizar um pouco o cadastro de aluno.

Referências:
urubatan.com.br
API do Ruby on Rails

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s