twitter via linha de comando

olá, como vai você? eu vou bem, obrigado por perguntar.

este post foi / está sendo / estar-se-á a ser escrito (dia da toalha mode on) num horário em que eu deveria estar dando uma aula de reforço, mas que o aluno faltou.

estou desde domingo sem entrar no twitter (eu uso a extensão echofon, para firefox) com medo de spoilers do final de #LOST (tentei o tweetdeck, mas é muito pesado para o meu velho pc). no entanto, achei (na verdade, chegou no meu e-mail) a dica de hoje do dicas-l (http://www.dicas-l.com.br/dicas-l/20100525.php), que fala do twidge, um cliente de linha de comando para o twitter. juntando um script bestinha e o pacote libnotify-bin, consegui fazer com que os novos tweets fossem filtrados e exibidos na área de notificação do sistema.

vamos ao passo-a-passo (obs: eu uso ubuntu 10.04 – lucid lynx):

1. instalar o curl e o libnotify-bin

sudo apt-get install curl libnotify-bin

2. baixar o twidge no repositório do Debian Sid e instalá-lo usando o gdebi ou o dpkg. o comando para configurar a sua conta do twitter no twidge é:

twidge setup

onde ele vai pedir o seu nome de usuário e senha, e tentar conectar ao twitter com as informações passadas. Para receber os updates, o comando é o seguinte:

twidge lsrecent -su

para receber os updates, filtrando tweets referentes a lost, use:

twidge lsrecent -su | grep -i -v lost

nota: a opção -s serve para marcar o último tweet que você viu e a opção -u é para mostrar todos os tweets recebidos depois do tweet marcado.

para enfeitar um pouco, podemos criar um script para que os tweets apareçam na área de notificação

#!/bin/bash
# teste.sh
# usando a o comando notify-send para mostrar os tweets recentes
# o comando twidge tem uma opção (-e) que passa argumentos para
# um programa qualquer. O segundo argumento é o usuário e
# o quarto argumento é a mensagem em si.

if (echo $4 | grep -v -i lost) > /dev/null
# testa se a palavra "lost" não está no tweet
then
# manda o usuário e a mensagem para a área de notificação
/usr/bin/notify-send "$2" "$4"
echo "passou"
fi
echo "tweet"
echo ""

O segundo arquivo é um atalho para chamar o teste.sh sem maiores complicações

#!/bin/bash
# checatweet.sh
export DISPLAY=:0.0
twidge lsrecent -asu -e ./teste.sh

basta dar um chmod +x em teste.sh e em checatweet.sh e chamar o checatweet.sh quado quiser ver os updates

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s