Resumo 1

  1. Ruby é uma linguagem interpretada
  2. Em Ruby, sempre há mais de uma maneira de resolver um problema
  3. Os exemplos de código devem rodar no editor SciTE. Assegure-se de que realizou as mudanças relevantes, mencionadas na página “Primeiro Programa em Ruby”
  4. O layout do código é por sua conta; a indentação não é significativa (mas usar indentação de dois caracteres vai lhe tornar bem-visto na comunidade, se você pretende publicar o código)
  5. Por convenção, os arquivos-fonte em Ruby têm a extensão .rb
  6. Em Ruby, a execução do programa é feita de cima para baixo
  7. Características: Formato livre, sensível ao caso (case-sensitive), Dois tipos de comentários, Delimitadores de instruções não são requeridos, cerca de 41 palavras-chave, e todas as palavras reservadas de ruby são escritas usando caracteres ASCII, e todos os operadores e outras pontuações são extraídas da tabela ASCII.
  8. Em ruby, tudo é verdadeiro, exceto as palavras reservadas false e nil
  9. Estaremos nos referindo à documentação aqui
  10. puts simplesmente escreve na tela qualquer coisa que venha após sua chamada, e depois vai para a próxima linha.
  11. Parênteses são opcionais numa chamada de métodos. Todas essas chamadas são válidas:
    foobar
    foobar()
    foobar(a, b, c)
    foobar a, b, c
  12. Em Ruby, números sem ponto decimal são inteiros, e números com ponto decimal são floats (deve haver pelo menos um dígito após o ponto decimal)
  13. Nota: as classes Fixnum e Bignum representam inteiros de tamanhos diferentes. Ambas as classes descendem de Integer (portanto, de Numeric). Ruby é capaz de lidar com números extremamente grandes, e, diferente de várias outras linguagens de programação, não há limites inconvenientes. Ruby faz isso com classes diferentes, uma chamada Fixnum, que representa números pequenos, e outra, chamada Bignum, que representa números grandes com que Ruby lida internamente. Ruby gerencia Fixnums e Bignums para você, e você pode realizar operações aritmeticas e outras sem problemas. Os resultados podem variar dependendo da arquitetura do sistema, mas como as mudanças são gerenciadas inteiramente por Ruby, não hã com o que se preocupar.
  14. Alguns operadores muito comuns: + adição; – subtração; * multiplicação; / divisão
  15. Os operadores de incremento e decremento (++ e –) não estão presentes em Ruby.
  16. Qualquer coisa entre parênteses recebe uma precedência maior.
  17. Observe o funcionamento do operador módulo (%) em Ruby.
  18. Quando você faz operações artméticas com Ruby, você terá resultados inteiros
  19. Strings são sequências de de caracteres entre aspas duplas ou simples.
  20. Em Ruby, Strings são mutáveis. Elas podem se expandir quando necessário, sem usar muito tempo e memória.
  21. Concatenação de Strings é a junção de duas strings, através do operador +
  22. O caractere \ inicia uma sequência de escape (\\, \”, \n).
  23. ” é uma string vazia.
  24. Se você receber um erro de compilação como #<TypeError: cannot convert Fixnum into String> significa que você realmente não pode somar um número a uma string, ou multiplicar uma string por outra string
  25. Constantes começam com letras maiúsculas, exemplos: PI, Tamanho
  26. Uma variável vem à existência assim que o interpretador vê uma atribuição para aquela variável.
  27. Use espaço ao antes e depois do operador de atribuição:
    foo = 1
    não:
    foo=1
  28. Use uma inicialização por linha:
    nivel = 0
    tamanho = 0

    é mais preferível do que:
    nivel = tamanho = 0
  29. x, y = y, x irá trocar os valores de x e de y
  30. Variáveis locais devem iniciar com uma letra minúscula ou um caractere de sublinahdo (_), e devem conter apenas letras, números e sublinhados. Exemplos: _brasil uma_variavel
  31. .to_i, .to_f, .to_s são usados para converter para inteiro, float e string, respectivamente
  32. O operador << é usado para adicionar conteúdo a uma string.

Strings divertidas | TOC | Escopo

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s